Parque do sexo será inaugurado em São Paulo em 2017.

Odair Araujo | terça-feira, dezembro 22, 2015 | 0 comentários


Empreendimento de R$ 150 milhões será construído na região até 2017.


O parque erótico


De roda gigante com cápsulas de vidro onde o casal enxerga tudo o que está em volta, mas ninguém de fora vê com o que acontece dentro dela, até restaurantes com pratos afrodisíacos e piscinas de naturismo estão previstos no projeto. A “sexolândia” foi idealizada pelos empresários de São Pedro Mauro Morata e Paulo Meirelles, em parceria com Evaldo Shiroma, responsável por uma feira erótica do estado de São Paulo.
Vídeo íntimo da atriz Laura Keller vazou na internet (Foto: Gabriel Barreira/G1)
Laura Keller, atriz de "Pé na Cova", comemorou a
ideia do parque do sexo (Foto: Gabriel Barreira/G1)
De acordo com Morata, o parque será construído em uma área de 150 mil metros quadrados, que já foi adquirida. No entanto, a localização exata do terreno não foi informada com a justificativa de “não despertar curiosidade”. A ideia do projeto é receber de três a cinco mil visitantes por dia. “Estamos em processo de início da construção, só posso dizer por enquanto que será na região de Piracicaba”, disse o empresário.
Quem comemorou

Logo após o G1 publicar a notícia sobre a intenção dos empresários de construir o parque temático, a atriz de "Pé na Cova" Laura Keller comemorou a ideia nas redes sociais. "Adorei! Só porque temos mais de 18 anos não quer dizer que não podemos ter um parque para nos divertirmos", defendeu ela.
"Já está na hora de parar de tratar o sexo como um tabu ou algo despudorado! Chega de hipocrisia, gente!", completou Laura. A ex-coelhinha da "Playboy" Thaíz Schmitt, a modelo transexual Thalita Zampirolli e Nubia Oliver também publicaram manifestaçõea favoráveis ao projeto.
As atrações

A “Disney do Sexo” terá pelo menos 11 atrações. A roda gigante panorâmica consiste em uma experiência sexual "privê" nas alturas, em cápsulas transparentes onde ninguém esteja vendo nada do lado de fora. Além disso, o complexo terá um setor destinado aos “eroticgames”, com jogos eletrônicos relacionados ao erotismo e uma loja com produtos de sexy shops.
Entre os brinquedos, está o “trem do sexo”, que terá o mesmo conceito de um “trem fantasma”, só que ao invés de um susto a cada parada, o visitante poderá conferir diversas posições sexuais. O projeto ainda prevê um museu que explica toda a trajetória do sexo e um cinema 7D, que além de transmitir vídeos eróticos vai despertar sensações como frio e calor.


Mesmo com a ousadia do projeto, Morata afirmou que não tem medo de sofrer rejeição ou protesto de setores mais conservadores da sociedade por acreditar que o Brasil é carente de um parque com temática sexual. “Sexo não tem contraindicação e todo mundo gosta. Só vai quem quer. E eu sei que muita gente vai querer ir. O que acontece no Brasil em relação a sexo até hoje é uma hipocrisia muito grande”, relatou.

Redação vilhenahoje
Fonte: G1
COMPARTILHE O VILHENA-HOJE COMPARTILHE O VILHENA-HOJE

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.