Mãe e filhos são sequestrados e mortos a pauladas.

Odair Araujo | quarta-feira, dezembro 23, 2015 | 0 comentários


As vítimas foram encontradas amordaçadas aos fundos da fazenda do principal suspeito da execução (fotos)

O crime que chocou a pequena cidade de Juína, Mato Grosso, teve inicio ainda na noite desta terça-feira (22.12) em uma propriedade rural localizada na BR-174, sentido Juína/Vilhena- RO.

As primeiras investigações apontam que três elementos invadiram a residência e mantiveram a família refém, sendo a mulher, Luzinete Sacchi Barbosa, 50, Elias Barbosa da Silva e os dois filhos, Mateus Sacchi Barbosa, 14, e Glaucia Sacchi Barbosa de 18 anos.

Pela manhã de hoje, os bandidos acabaram sequestrando a mulher e os filhos e exigiam a todo tempo R$ 900 mil e o documento ou escritura de umas propriedades, informação essa que está sendo investigada pela Polícia Judiciária Civil.

Ao que parece, o plano não deu muito certo e resolveram assassinar as vítimas aos fundos da fazenda que pertence ao suspeito do crime, identificado como José Carlos Luz Lopes, 39, do município de Cotriguaçu. A moça ainda pode ter sido violentada antes de ser morta.

Em seguida, o terceiro suspeito envolvido no crime retornou para a propriedade da família para executar o senhor Elias. Talvez na tentativa de ludibriar o criminoso identificado como Janio de Souza Meireles, 42, também de Cotriguaçu, e escapar da execução, o dono da casa disse que antes de morrer queria beber água e nesse intervalo conseguiu dominar o bandido e tomar a arma de fogo.

A Polícia Militar foi chamada e viaturas da Polícia Civil e Força Tática foram mobilizadas para a fazenda.

O bandido preso havia informado à polícia que as vítimas estariam em uma mata próxima e amarrada, houve uma intensa busca pela mata próxima, mas ninguém foi localizado.

Um homem identificado como Telmo em companhia de investigadores foram aos fundos da fazenda do Zé Carlos e lá encontraram mãe e filhos mortos.

A Pericia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC) estiveram no local para exame de local de crime e constataram que as vítimas estavam com afundamento de crânio e podem ter sido mortas a pauladas

O senhor Telmo Ficagna que é conhecido da família vítima do crime foi levado a delegacia de polícia para prestar esclarecimentos.

Lembrando que as informações narradas serão ainda apuradas pela Polícia Civil.

Uma arma de fogo (espingarda) foi apreendida.

Os corpos foram velados inicialmente na Capela Mortuária da AME e foram transladado para a cidade de Juara onde residem familiares.










Fonte: juinanews
COMPARTILHE O VILHENA-HOJE COMPARTILHE O VILHENA-HOJE

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.