Ocupantes de lancha fazem orgia e escandalizam famílias presente.

Odair Araujo | segunda-feira, abril 07, 2014 | 0 comentários

O FATO OCORREU NA REGIÃO DE MANAUS POREM TRAZ UMA REALIDADE CRUA E DURA DE SITUAÇÕES QUE FAMÍLIAS ESTÃO PASSANDO NO MUNDO DE HOJE.
O DESRESPEITO E A FALTA DE MORAL CÍVICA PREDOMINA.

Momento em que três mulheres tiram os biquinis no andar superior da lancha e mostram as nádegas para os banhistas (Clóvis Miranda )


A embarcação ficou no local por cerca de meia hora sem a intervenção do Corpo de Bombeiros ou da Polícia Militar (PM), que mantinha agentes na área. Ocupantes protagonizaram cenas de nudez e gestos obscenos no balneário lotado de famílias.


Ocupantes da lancha “Magnitude” escandalizaram ontem famílias que estavam na praia da Ponta Negra. Às 16h, quando o balneário estava lotado, a embarcação parou próximo à área restrita para banhistas, e três mulheres que estavam a bordo tiraram os biquinis e começaram a dançar e mostrar as partes íntimas em direção à praia. A embarcação ficou no local por cerca de meia hora sem a intervenção do Corpo de Bombeiros ou da Polícia Militar (PM), que mantinha agentes na área.
Além das cenas de nudez, crianças, adolescentes, mães e pais de família que tomavam banho na Ponta Negra, assistiram a gestos obscenos protagonizados pelos ocupantes da “Magnitude”. De acordo com o supervisor de área da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), tenente Almeida, um barco do Corpo de Bombeiros chegou a abordar a lancha para que saísse da área restrita para banhistas, fato este não testemunhado pela equipe de A Crítica.
O advogado criminalista Alberto Simonetti Cabral Neto explicou que o comportamento dos ocupantes da lancha agride o artigo 233 do Código Penal Brasileiro (CPB) e configura ultraje público ao pudor, que prevê pena de 3 meses a um ano de detenção, ou multa. “Em tese, pelo episódio narrado pelo jornal, o ato foi criminoso e cabe pena ou multa, além de que ao presenciar o acontecimento, tanto o Corpo de Bombeiros, quanto a Polícia Militar deveriam ter intervido para cessar a situação”, disse Simonetti.
CONFIRA FOTOS EXCLUSIVAS:









FONTE: http://acritica.uol.com.br/


COMPARTILHE O VILHENA-HOJE

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.