EMPRESÁRIO VIVE MOMENTOS DE PANICO EM PODER DE BANDIDOS EM VILHENA.

Odair Araujo | sexta-feira, abril 04, 2014 | 0 comentários

O FATO SÓ NÃO FOI PIOR PORQUE O EMPRESÁRIO CHAMOU A POLICIA, NISSO O BANDIDO TERIA SE INTIMIDADO.




Por volta das 18 h : 44 min desta quarta (02) um empresário de Vilhena do ramo alimentício, recebeu uma ligação confidencial em seu celular que Dizia:

“Estamos com a sua filha, se você ligar para a Polícia, nós a mataremos” em seguida ele concertou o que havia dito; “Esposa estou vendo agora aqui é sua esposa e está no salão de beleza aqui no centro, e vou mata-la, vou dar um pipoco nela se você não me pagar 100, 000,00 agora”. 

Seria o começo de uma tortuosa situação de falso sequestro.

A vítima ficou aterrorizada, pois os bandidos sabiam de cor e salteado detalhes da vida do empresário que só ele e amigos muito próximos saberiam, e com a covardia dos malandros em aplicar o golpe.

A vitima ficou desesperado e prometeu fazer o que os supostos sequestradores quisessem desde que não fizessem nada com sua esposa, e novamente foi ameaçado pelos falsos sequestradores que disseram para ele andar logo senão dariam um pipoco nela e também no seu filho;

O filho do empresário mora fora da Vilhena em uma Cidade vizinha isso deixou o mesmo apavorado, pois não conseguia contato com o mesmo no momento em que conversava com os supostos sequestradores.

Você vai sair agora do seu comercio e vai me encontrar para pagar o resgate se não eu mato a sua esposa e seu filho é o próximo...

O empresário, no entanto afirmou que não teria todo o dinheiro no momento, mas que teria um terço do mesmo já com ele e levaria, mas que mantivessem a calma e não fizessem nenhuma besteira que pudessem se arrepender mais tarde.

Neste momento já minavam policiais em torno de seu comercio e o pior de tudo que os bandidos sabiam de tudo que ocorria em torno do empresário, assim voltando a ameaça-lo porque teria chamado a policia e agora matarei ate você e findaram a conversa.

O silencio não demorou muito a se romper em novas ligações e ameaças.

A Vitima após a ligação começou ligar para a esposa que estaria em um salão de beleza no centro da cidade de Vilhena não tendo êxito pegou seu veículo e despistando a policia que o acompanhava dirigiu-se até o salão onde se certificou que a esposa estaria bem.

Nisso recebeu outro telefonema e esse veio com o numero do RIO DE JANEIRO (021) e mesmo de tão longe os bandidos teriam todas as informações de onde e o que o empresário estaria fazendo, o que deixou a vitima mais desesperada, chamando a atenção dos policiais que chegou ao local ele foi encaminhado a entregar o envelope com o suposto resgate na Avenida Curitiba e vinha e voltava varias vezes entre postos de combustíveis da região em intenção de despistar a policia que o acompanhava, seguindo o que os bandidos relatavam por telefone.



O suposto sequestro só não teve êxito porque o empresário no que se apavorou com a situação imediatamente reuniu a família e tendo certeza que todos estavam bem descartou o incidente, mas ficando preocupado com sua segurança, pelo fato de alguém de tão longe ter tantas informações a seu respeito.
Conversando com o empresário que nos relatou por cima o que ouve ainda muito abalado disse:

“Minha esposa foi cercada por um veículo ao ir ao salão, mas despistou o mesmo por estar de moto e os ocupante que tentou abordá-la estarem de carro, isso pode sim ter sido uma tentativa real de sequestro, mas que tenha saído da norma deles isso fez com que me chantageassem a fim de extorquir dinheiro mesmo sem ter nenhum parente meu em seu poder”. Finaliza o empresário que ainda está visivelmente abalado com o fato.

A Polícia continua investigando e realizando rondas buscando encontrar os Malandros e alertam para o devido cuidado que a população deve ter ao atenderem ligações do Tipo restritas ou com o número confidencial, pois há a possibilidade de serem golpes dessa natureza.



Texto: ARAUJO DOAIR
Imagens Ilustrativas.


COMPARTILHE O VILHENA-HOJE

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.