VERGONHA E DESCASO: Carnaval de Vilhena não muda de cara. mas valor sim.

Odair Araujo | sábado, março 01, 2014 | 0 comentários

Passa ano e entra ano da gestão Rover a mesma coisa todos os anos.

Quero dar os parabéns a prefeitura municipal que mais uma vez passa por cima da democracia e oportunamente dá o evento de carnaval para ser organizado pelo Edi mais conhecido como EDI DO TERRAÇÚS.

Na ocasião leva de groja uma nota preta dos cofres públicos onde teria que ser prestado conta e nem sabemos se ouve ou não uma licitação para que oportunidades fossem dadas a outros promoters de Vilhena e região.

Fico mais indignado ainda em ver que uma única banda todo ano vem animando as festas de fim de ano e de carnaval, arroz e feijão direto como agüentar, nem mesmo a classe super baixa está suportando isso em sua mesa, e varia com um churrasco de vez enquanto.

Ironias a parte vamos ao ponto cruz da questão onde o prefeito como em muitos casos esta de rabo preso com este empresário pelo apoio dado em período eleitoral.

Deixamos também nossos atritos e destacamos a importância de uma variação artística onde não queremos imitações de grupos ou bandas que se apresentam em nossas festas, o dinheiro dado, ou melhor, investido como querem que apareça tem como objetivo e finalidade intenções políticas da parte de ambos os envolvidos.

Desprezo pois a casa da cultura deveria estar atento ao que está acontecendo e tomar as rédeas da situação, antes que montem de vez em suas costas e se tornem mais uma instituição submissa ao poder de empresários inescrupulosos de nosso município.

Vejo enfim uma mega estrutura que não tem finalidade artística alguma para Vilhena, sendo que a banda está ultrapassada e ainda tem por finalidade promover o nome do ex candidato a vereador que por sua vez promove o nome Rover por onde anda.

Temos produtoras de eventos mais competentes em nosso município e enfim ficam de fora de qualquer evento o qual possa mostrar um diferencial, sendo que ambas não tiveram a babaçu que o senhor Edi teve com o prefeito em período eleitoral ficam de fora dos montantes de dinheiro que circulam nesses eventos ditados e classificados como cultura.

ARAUJO ODAIR

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.