PROFESSORA SE RECUSA DAR AULA ENQUANTO NÃO RECUPERAR CELULAR ROUBADO.

Odair Araujo | quinta-feira, março 20, 2014 | 0 comentários



O fato ocorreu na escola estadual Shirlei Ceruti já há uma semana e mexeu com as estruturas da escola. 


A professora saiu para dar a aula de educação física como faz regularmente nisso o seu celular foi subtraído o mesmo estava na quadra de esportes como de costume, como havia alunos de outras turmas no local as suspeitas caiu sobre todos. 


Indignada com o ocorrido a professora de educação física decidiu por conta própria chamar a atenção do nono A matutino em uma reunião secreta em sala de aula e foi determinado pela mesma que não haveria aula de educação física enquanto seu celular não aparecesse, mesmo que o provedor do furto não se identificasse, mas que o devolvesse. 

O mais absurdo é que a profissional de educação teve o apoio da direção da escola que não teve qualquer ação contraria ao ato da professora. 

Segundo informações de alunos a profissional vai para a escola, mas não ministra a aula deixando todos os alunos com o tempo vago, sem educação física. 

Tentamos ouvir a direção da escola, mas não fomos recebidos pelos responsáveis pela escola deixando o nosso descrédito no bom senso dos mesmos. 

Essa semana foi confirmado que nenhuma sala, ou melhor, turma teve educação física ficando os alunos totalmente dispersos no pátio da escola. 


ODAIR POR ODAIR. 

No meu ver a revolta dessa profissional tem um sentido de imaturidade, pelo simples fato dela ser uma educadora e se o fato realmente aconteceu ela deveria registrar uma ocorrência policial, mas não comprometer toda uma instituição com seu despautério exagerada. 

Alunos das escolas públicas já passam por maus bocados com greves e tais, nisso vem mais uma situação como está firmando o descompromisso com a educação pelos que tem compromisso a educar e orientar. 

Araujo Odair

COMPARTILHE O VILHENA-HOJE

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.