NOITE DA SERESTA:FAVORITISMO OU SIMPLESMENTE RECOMPENSA POR APOIO POLÍTICO.

Odair Araujo | quinta-feira, outubro 10, 2013 | 0 comentários

O PROBLEMA FOI TRAZIDO AO NOSSO CONHECIMENTO POR PESSOAS QUE GOSTARIA DE PRESTIGIAR AO EVENTO, MAS DEVIDO A LOCALIZAÇÃO FICA IMPOSSIVEL O ACESSO.



A noite da seresta acontece uma vez por mês em nossa cidade portal da Amazônia e isso já está dando o que falar.

O caso veio a nosso conhecimento devido ao favoritismo que vem dando repercussão desagradável a alguns admiradores da boa música, Nisso fica o protesto dessas pessoas que acham uma falta de consideração e atenção da prefeitura junto a sua mais nova secretária a Fundação Cultural de Vilhena, a mesma vem por intermédio de seus diretores a fazer a realização do evento denominado noite da seresta que acontece uma vez por mês na Major Amarante em frente ao picanha ou mesmo em frente ao bangalô bar.

Pontos esses muito conhecidos da cidade aonde a classe média alta de nossa cidade se reúnem todos os fins de semana.

O notório é que não vem ao nosso entendimento como podem favorecer apenas dois comércios da cidade em tão vantajoso evento como está ocorrendo veja por que:

O som é pago pela prefeitura que de contrapartida nega e diz que só apóia as decisões do presidente Anísio ruas.

Outro ponto é o aluguel de materiais que necessitam para a realização que também  informações que chegaram a nos  é que a prefeitura quem custeia como tendas nos dias de chuva e cadeiras para o evento entre outros. Já as empresas envolvidas no favoritismo negam e afirman que a fundação exige que eles se adaptem para o evento sem apoio nenhum da parte da mesma.

A preocupação em si é com o nome da entidade digamos assim que esta por traz de tudo Fundação Cultural de Vilhena se é cultural deve-se levar cultura e não favoritismo como está acontecendo nesse caso, pelo menos é o que parece.

Temos em Vilhena varias praças neutras e que poderiam suprir as necessidades desse evento pelo amplo espaço que nelas se destacam, reformadas e arborizadas freqüentadas por todos os tipos de pessoas e classes sociais, ali qualquer pessoa se sentiria muito bem, pois saberia que é seu o lugar e ficariam ao deleite de uma boa musica sem ter a obrigação de consumir algo para permanecer sentado em uma cadeira, ou mesmo se sentir inferior diante do ambiente oferecido.

São doze eventos por ano no caso se destacariam doze praças e temos essas praças para isso, no ultimo caso colocariam em outros comércios da cidade que também pagam seus impostos e que também tem interesse em recepcionar esse evento que vem trazendo grandes lucros às empresas que o recepciona.

O fluxo de pessoas é grande os lucros são exorbitante, no caso as empresas os comércios em questão não dispõem de nenhuma com o evento pelo menos que sabemos  mas sim só lucros.

As despesas ficam por conta dos Vilheneses que através da prefeitura municipal e da Fundação Cultural pagam por todo o requinte e deleite do grupo dominante.


ARAUJO ODAIR.








Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.