SITE IDENTIFICA CASAL QUE PODE TER SIDO MORTO POR ADOLESCENTE PRESO EM VILHENA.

Odair Araujo | quinta-feira, setembro 12, 2013 |

A Polícia Civil de Vilhena liberou ontem, logo após ouvir seu depoimento na DPC local, o adolescente de 16 anos que havia sido detido por dizer aos amigos que havia participado do assassinato de um casal na região de Itapuã do Oeste.


O garoto, que por ser menor foi interrogado na presença de conselheiros tutelares, negou que tivesse envolvimento no crime de latrocínio, mas as informações que haviam chegado à polícia davam conta de que ele teria ajudado a executar um casal para roubar sua moto. Em virtude da falta de provas concretas, o menino acabou sendo liberado.


No entanto, contatou parentes do casal que pode ter sido vítima do roubo seguido de morte e que está sendo investigado pelas polícias de Porto Velho e de Candeias do Jamari. De acordo com a adolescente entrevistada, sua mãe, a técnica em contabilidade Cláudia Aparecida da Silva Valiente, de 37anos, e o marido dela, Lucimar Pereira de Oliveira, 45, estão desaparecidos desde o dia 13 de agosto, quando saíram de moto para visitar um sítio nas proximidades da usina hidrelétrica de Samuel. Desde então, nenhum dos dois foi visto mais, assim como sumiu a moto na qual ambos estavam.


O site apurou ainda que Cláudia havia prestado queixa por ameaças que estaria sofrendo em virtude da disputa por terras na área para onde havia viajado. O casal residia no bairro Lagoa, em Porto Velho. O menino que a polícia liberou poderia ter ajudado a localizar os corpos, caso o crime confidenciado por ele tenha de fato se consumado.


Este trabalho, no entanto, caberá à polícia da cidade de Candeias, que investiga o desaparecimento do casal. A polícia, neste caso, pode voltar a ouvi-lo, pois os detalhes que ele havia passado aos amigos, vangloriando-se de ter “virado homem” ao matar o casal, tem muitas coincidências com o sumiço de Cláudia e seu marido.




Folha do Sul 

Category: