Isabel Luz está enfurecida com sua demissão.

Odair Araujo | sexta-feira, setembro 27, 2013 | 0 comentários



A ex-secretária de Estado da Educação (SEDUC), Isabel Luz, exonerada e que teria declarado aos quatro cantos que sua saída seria motivada por saudades da família que mora no Espírito Santo, teria mentido sobre o assunto. A informação vem de dentro da Seduc. Segundo fonte deste noticioso, o que a ex-titular da SEDUC teria, na verdade cometido uma série de erros grosseiros em suas ações e também desagradado ao seu chefe, Confúcio Moura, que recebia periódicas reclamações que usou de seu agora conhecido artifício demitir seus secretários através de porta-vozes.



A verdade é que a notícia da demissão chegou à então titular da Seduc na semana passada e teria tido como arauto nada menos que seu sucessor Emerson Castro. As informações dão conta de que Isabel Luz não teria aceito a notícia com elegância, na verdade ela teria perdido o controle e berrado ao seu anunciante os mais descabidos impropérios. Toda a novela teria sido acompanhada pelos servidores do andar do gabinete da secretária que fica no CPA.



Várias pessoas que estavam no prédio no dia em que Isabel recebeu a visita de Castro confirmam a gritaria e a descompostura adotada pela ex-secretária. Pouco tempo depois ela concedeu entrevista informando que a motivação familiar, contudo, na mesma entrevista, enquanto já sabia no nome de quem assumiria a sua cadeira, alegou aos jornalistas não saber o nome do sucessor. A atitude teria sido motivada pelo ódio mortal que Isabel passou a nutrir por Emerson Castro.



A ex-secretária ainda deve prestar novas versões para o que aconteceu no CPA, entretanto para os trabalhadores que estavam no andar do gabinete e para as pessoas que aguardavam na ante-sala para serem atendidas pela então secretária, não resta dúvidas de que a falta de conduta demonstrada nada mais foi do que o prenúncio de um fim há muito aguardado.

fonte:

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.