Herminio quer investigar relação de Confúcio Moura com Organização Criminosa.

Odair Araujo | quinta-feira, setembro 19, 2013 | 0 comentários

“Bessa” tem filmagens íntimas do governador”







O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), disse hoje defender o aprofundamento das investigações das graves acusações que recaem sobre o governador Confúcio Moura sobre seu envolvimento com a Organização Criminosa, conforme foi comprovada através da Operação Apocalipse. Disse que o inquérito remetido ao Superior Tribunal de Justiça comprova que ao contrário do que vinha sendo anunciado, quem efetivamente teve financiamento ilegal de campanha eleitoral, foi o próprio governador do Estado.

O presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho voltou a pedir a exoneração sumária de Marcelo Bessa do comando da Sesdec. Mas segundo ele, gravações comprometedoras do governador Confúcio Moura (em sua intimidade), seria a senha para a permanência do atual secretário de Segurança, delegado Marcelo Bessa no poder, mesmo diante da mais grave crise política instalada no Estado, patrocinada por este organismo policial.

O deputado Hermínio Coelho defendeu hoje mais uma vez, a exoneração do atual titular da Secretaria de Segurança, maior responsável pelas atrapalhadas e bandalheiras da Operação Apocalipse, que culminou inclusive na invasão desnecessária da Assembléia Legislativa, e o afastamento de quatro deputados, que não cometeram nenhum tipo de crime, conforme constata o próprio Ministério Público Estadual.

O deputado Hermínio Coelho disse ter informação de que o secretário de Segurança teria filmagens do governador, e estaria usando este material para garantir sua permanência no cargo, e inclusive teria também utilizado do mesmo artifício numa tentativa anterior de chegar a ser indicado conselheiro do Tribunal de Contas, mas que acabou não dando certo por mudanças nos critérios de nomeação para este cargo.

Para o presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho o secretário Marcelo Bessa é um bandido, e no desespero de atingir os desafetos e adversários políticos de Confúcio Moura, acabou por envolver o governador num novo escândalo, diante dos fortes indícios de seu envolvimento com a Organização Criminosa comandada por Beto Baba e Fernando da Gata.

O presidente destacou ainda que o desespero é tão grande, de tentar “calar” a Assembleia Legislativa, que no último final de semana, foi distribuído um jornal criminoso, utilizando da logomarca de uma outra empresa, e que fora utilizado unicamente para tentar desacreditar o trabalho do Ministério Público.

FONTE: folharondoniense.
FOTO: ARAUJO ODAIR.

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.