Vítima morre após sofrer dois acidentes seguidos

Odair Araujo | sábado, agosto 17, 2013 | 0 comentários


Na noite de ontem, o morador de um sítio a cerca de 18 km de Cerejeiras, João Batista de Lima, 49, seguia de moto para a propriedade, que fica nas proximidades da Linha 3, quando veículo capotou, jogando-a a vários metros de distância. O que veio na sequência e que terminou com a morte do motoqueiro, foi uma sequência de desastres.


Socorrido no hospital público de Cerejeiras, onde foram constatados ferimentos em várias partes do corpo, o sitiante foi encaminhado para Vilhena. Na altura de Colorado do Oeste, logo após cruzar a cidade a caminho do Hospital Regional, a ambulância que trazia João Batista, atropelou uma capivara no meio da BR 435, e teve que retornar a Colorado, para que um novo veículo fizesse o transporte. Na mudança dos veículos, a mochila do ferido ficou dentro da primeira viatura e ele chegou em Vilhena sem qualquer documento.

Apesar da falta de identificação, o paciente foi internado e passou por exames, que comprovaram que, além de fraturar a coluna, ele havia sofrido traumatismo craniano. Também chegou a ter uma parada cardiorrespiratória, quando os médicos vilhenenses tentaram reanimá-lo.

O procedimento não adiantou e o homem faleceu logo em seguida. Os profissionais de saúde que o atenderam explicaram que ele poderia ter sobrevivido se não fosse a demora em chegar ao HR, situação criada a partir do acidente envolvendo a capivara.

foto que ilustra esta reportagem foi produzida com o consentimento das pessoas que acompanhavam João Batista. No momento em que aimagem foi feita, ele apresentava quadro clínico estável e estava semi-consciente.


Fonte: Folha do Sul Online

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.