CAMPANHA DA SOLIDARIEDADE

Odair Araujo | quinta-feira, agosto 15, 2013 | 0 comentários

Amigos do face venho através desta rede social para contar-lhes uma história de luta e perseverança de um amigo que conheço há muitos anos.
O seu nome é Tiago Francisco de Oliveira, solteiro, tem 37 anos e com 1 ano de vida teve paralisia infantil e desde então começou sua luta. Tiago nasceu em Ribeirão das Neves em Minas Gerais, teve treze irmãos, de família humilde, o pai era trabalhador rural e sua mãe sempre foi do lar. Aos nove anos de idade ele veio com a família para Colorado do Oeste – Rondônia, e em Colorado já com dez anos ,Tiago fugia de casa para trabalhar, pois sua mãe não concorda devido sua deficiência física, por isso ele fugia.
Seu primeiro trabalho foi como engraxate, sua mãe Valdivina só concordou quando viu o filho chegando em casa com uma caixa de engraxate. Assim Tiago começou a trabalhar para ajudar nas despesas de casa, trabalhou vendendo picolé juntava lenha na serralheria para vender, trabalhou em bicicletaria, porém sua mãe não concordava devido sua deficiência, mas mesmo assim ele dava um jeito e fugia para trabalhar, a vontade de ajudar a família falava mais alto e a necessidade também.
Tiago foi vítima de bulling na escola, isso provocou – lhe um trauma, e até hoje Ele não consegue permanecer em sala de aula por muito tempo. Hoje ele sabe escrever e ler um pouco, mas com os vários trabalhos que teve aprendeu as quatro operações. Tiago e sua família moraram em Jarú – Rondônia por um tempo e depois retornaram a Minas Gerais, lá ele começou a trabalhar catando sucatas, ferro velho, papelão etc. E com 16 anos retornou a Colorado com sua família, vendia picolé e comprava e revendia galinha na rua. E aos 17 anos começou a vender picolé, refresco e iogurte no portão da Escola Estadual Paulo de Assis Ribeiro, e foi nesta época que eu o conheci, fiz o Ensino Médio lá. Ele sempre foi muito simpático, educado, humilde e sempre muito dedicado ao trabalho. Tiago trabalhou seis anos no portão da escola, depois teve que sair por motivo de forças maiores e assim Tiago comprou com muito esforço uma barraquinha em frente à escola para vender seus picolé e refrescos, porém não obteve o mesmo sucesso, porque os alunos não podiam sair da escola e atravessar a rua para comprar o que ele vendia. Aí surgiu a reciclagem em sua vida, ele teve que se virar e assim começou a comprar e catar latinhas na rua e nas festas para se manter. Em 2004, aos 28 anos de idade Tiago ficou sozinho em Colorado, pois sua família retornou à Minas Gerais. Tiago ficou um tempo morando na casa deixada pelos seus pais, porém teve que vender a casa e depois disso morou de favor por algum tempo e hoje mora de aluguel.
Em 2005 ele conseguiu auxilio doença, mas nunca deixou de trabalhar e seu maior sonho é ter um posto de reciclagem onde ele possa montar uma cooperativa de catadores e assim revender para outros estados tudo o que produzirem. Este sonho tornou uma obsessão, ele cata tudo o que encontra e revende, pois ele vê no lixo sempre uma oportunidade de negócio. Tiago foi a algumas instituições públicas e privadas para apresentar seu projeto de reciclagem, porém não obteve sucesso pois ele teria que entrar com no mínimo dez por cento do capital e como isso nunca foi possível seu projeto nunca teve êxito.
Hoje além de catador confecciona capas de almofada de capitonê e oregamis de papel (dobraduras em papel) e vende para acrescentar na renda. Atualmente ele mora em Colorado do Oeste, porém em breve tem que ir ao Rio de Janeiro, pois sua irmã que mora lá necessita de sua ajuda. Mas logo Tiago retornará, pois seu sonho ele quer realizar aqui em Colorado do Oeste.
Então meus amigos depois de alguns anos sem vê-lo eu me comovi, pois o encontrei com a mesma garra e humildade, com suas roupas simples, sua bicicletinha cargueira mas com o sorriso de sempre no rosto. Contou-me sobre seu sonho de fundar uma cooperativa de reciclagem, pois assim ele vai poder ajudar a vários colegas catadores que vivem sua mesma luta. Por isso estou aqui contando a vc’s esta história de vida para que possamos juntos ajudar meu amigo Tiago a realizar seu sonho.
Primeiro ele precisa de um curso de gestão em cooperativismo e reciclagem, mesmo com pouco estudo ele é muito inteligente, mas necessita de mais conhecimento e informações sobre o assunto e segundo, ele precisa de capital pra montar seu posto de reciclagem.
Quem puder ajudar com qualquer valor, um real que seja, vou deixar o número da conta do Tiago, e quem quiser entrar em contato com ele vou deixar também seu telefone. Peço também para àqueles que o conheça que compartilhe e comente para que outras pessoas acreditem na sua história e possam ajudar.

Caixa Econômica Federal
Agencia: 1825
Conta Corrente: 001 00013022-9
TIAGO FRANCISCO DE OLIVEIRA
e-mail: Tiago.reciclagem@gmail.com
Telefone: (69) 8100-3506 (Rondônia)
(21) 9231-9734 (Rio de Janeiro)

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.