Hernandes Mendonça sai em defesa da ACIV, no caso dos prêmios comprados fora de Vilhena pela entidade

Odair Araujo | quinta-feira, fevereiro 07, 2013 | 0 comentários



          E COMEÇA A LUTA : Primeiro Round


Notícia publicada no site http://www.vilhenanoticias.com.br/materias/news_popup.php?id=11406


Foto: Foto Montagem - Vilhena Notícias

Por
Kanitar Oberst

O já polêmico fotógrafo e agora blogueiro, Hernandez Mendonça(foto), enviou uma mensagem via facebook para a empresária Ana Paula Miglioranza Almodóvar(foto), que revelou na manhã de quarta-feira, 06 de fevereiro, que a Associação Comercial e Industrial de Vilhena (ACIV) teria comprado pela internet, 3 dos 31 prêmios da Promoção “A Festa é nossa”. Tudo seria normal, se a promoção não visasse incentivar os consumidores a prestigiarem o comercio vilhenense fazendo suas compras na cidade.

A atitude dividiu opiniões de centenas de internautas vilhenenses, que postaram seus comentários no site VILHENA NOTÍCIAS e também no FACEBOOK. Ana Paula, precursora da polêmica, que é associada da ACIV, disse que a entidade teve uma decisão controversa, “ Eles tiveram uma atitude condenada pela própria ACIV, quando compraram estes prêmios pela internet. Podem até ter pago mais barato, mas cadê o prestígio ao comércio local?”, disse Ana Paula que é proprietária de uma padaria, há poucos metros da sede da ACIV, no centro de Vilhena.

No calor da polêmica, entre várias mensagens contras e outras a favor, a empresária recebeu a seguinte mensagem transcrita abaixo do fotógrafo Hernandes Mendonça:

“ @@@ Digo e acredito que a ‘pessoa mornal fala de coisas e a inteligentes de idéias’. Ana Paulo M. Almodavar é, uma pessoa normal que esta escrevendo coisas sem, ter coihecimento do fato. Na minha "inocência" digo que a Senhora não é digna de nem ler matérias publicadas. É notório em seu comentário a "má fé" coisa de pessoas sem carater e sem dignida. Explico: quem assina Almodovar também é, minha amiga (não quero escrever o nome) que, prestou um excelente serviço a frente da ACIV por mais de uma décadas, uma executida exemplar, dona de um carisma desconcertante que agradava todos que procura essa renomada entida. Só que nada é eterno aqui neste planeta terra é essa outrora mulher forte, batalhadora foi demitica da ACIV. Acredito que a senhora tem parentesco com a mesma, então fez esse comentário malicioso. Tenho a plena certeza que sua parente não sabia que voce dona Ana ia, fazer um comentário desse. Dona Ana a, senhora tem bastente "vergonha na cara" se não tinha corageem de fazier tamanha asneira dessa. Se a senhora trabalha indepentente ser empresária ou autonoma, faz que nem EU registra sua empresa e, faz parte dessa entidade aí a senhora venha a conhecer á indole, o carater desse Presidente da ACIV.
Hernandes Mendonça - Fotógrafo Social
O texto causou ainda mais polêmica, já Ana Paula Almodóvar respondeu as indiretas do fotografo:

“Hernandes, aprenda a escrever, depois comenta. Em nenhum momento usei a expressão má fé. E você está muito enganado quanto a minha índole e falar sobre vergonha na cara. Não preciso ter vergonha, não fiz nada de errado. O comentário nada tem de maldoso. E vá se informar quanto a minha empresa (uma das mais tradicionais da cidade, com registro onde quer que precise) e se você realmente acompanhasse o que acontece, não pagaria um mico imenso com essa postagem ridícula e mal feita. E só pra terminar, que fala asneiras, é um asno. Posso te processar por injúria, pois sou de outra classe de animais. Sou da classe dos racionais. E você? Ah, sim, a pessoa que também assina Almodovar e que você conhece sabia do meu comentário e ela respeita a liberdade de expressão. Não é um mal informado que vai calar minha boca.”
O presidente da ACIV, José Ivanildo, tentou esclarecer a polêmica afirmando que os três produtos listados como prêmios, não estavam sendo mais vendidos na cidade.

De acordo com ele, mesmo com a cotação tendo sido realizada com antecedência nas empresas de Vilhena, três dos prêmios, uma câmera digital, um tablet e um notebook, não estavam mais disponíveis no modelo da listagem na data em que a ACIV foi efetuar a compra dos mesmos.
Por este motivo, conforme esclarece Ivanildo, foi realizada uma reunião com a diretoria da associação, ocasião em que os membros optaram por manter os prêmios com as mesmas características e comprá-los pela internet, já que não estavam disponíveis no comércio local.
“Foram apenas três objetos comprados pela internet e mesmo assim não foram as premiações com os valores mais elevados. A nossa preocupação foi entregar o prêmio igual ao que havia sido informado anteriormente”, explica.


ODAIR POR ODAIR.

Em parte  concordo com a reclamante pois descredibilizaram o comercio Vilhenense quando optaram por compra pela internet algo que deveriam já ter garantido no comercio local o produto apresentado.Ainda mais numa época aonde as compras pela internet é febre e tende a aumentar dia após dia,sendo assim uma concorrente muito forte e desleal para com o comercio em geral.
Fica aqui o descredito na opção tomada pela ACIV, e nossa avaliação sobre o assunto levamos ao comercio Vilhenense o que acharam dessa decisão que causou tanta polêmica.

Category:

0 comentários

CADA PESSOA SE RESPONSABILIZA PELO QUE FALA.